REPOSTANDO RESENHAS (Pt. VII e última!)

FINAALMENTE!
O útlimo, eu juro, rs, repost! kkk
A partir do próximo já tá juntinho (oun) com os da página do FB! Alias que eu tenho pensado aqui comigo mesma, rs, e acho que talvez, a partir da próxima, as resenhas fiquem só aqui no blog, mesmo! Mas não sei ainda! Veremos…
Enquanto isso:

RESENHA #7: O Rei do inverno (Bernard Cornwell)
Sinopse (bem) rapidinha: Esse é o primeiro livro de uma triologia chamada ‘As crônicas de Artur’ e fala, obviamente, sobre a lenda do Rei Artur. Esse livro é narrado por Derfel que relembra toda sua vida e através dela reconta a história de Artur. Esse livro conta o começo da história, quando o Rei Uther morre deixando um herdeiro ainda bebê, isso dá a fagulha pra começarem os conflitos pelo trono, ou pelo menos, por quem vai ser o regente até a criança crescer e ter idade para governar. Claro que tudo dá errado, a criança morre e começa um quebra pau por quem vai governar a Britânia. No meio de tudo chega Artur, que nessa história é um filho bastardo e começa a tentar ajeitar a situação complexa. O livro acaba no final de uma batalha e a gente reconhece nele vários personagens que já estamos familiarizados: Artur, Merlin, Morgana, Guinevere e Lancelot, por exemplo.
NOTA: 5/5   
         
PONTOS FORTES: A narrativa que Bernard Cornwell faz em primeira pessoa é muito boa, você tem a impressão de entrar mesmo ali na memória de Derfel e daqueles acontecimentos. Ele trabalha muito bem e recria essa lenda de uma maneira tão boa que parece que todo o resto que a gente já ouviu falar é uma porcaria que não faz sentido e essa é a história verdadeira.
PONTOS FRACOS: A leitura é um pouco cansativa. É o mal dos épicos: descrições meio exaustivas e arrastadas às vezes.
O QUE MAIS GOSTEI: As batalhas dele são muito bem escritas, todo mundo fala e é total verdade, a visão dele pra batalhas é muito boa. Gostei muito também da ambientação no Reino Unido e toda a história da dominação romana que foi chegando ao fim, a decadência de várias cidades e o estado geral de abandono que ele descreve. E claro, magias né, Merlin fodão, Morgana misteriosa e meio recalcada e a Nimue espertinha e prodígio. Essa história de magia druida e tals é bam legal e eu curti muito.
O QUE MAIS: Bom, é um ótimo livro, a edição é igualmente boa, com 544 pgs, que tá com a mesma capa, que é bem linda, desde sempre. O problema é o preço, esse livro é caro e quase nunca dá pra achar promoção. O meu eu ganhei, mas eu sei que eles estão sempre em torno de 50 reais.

🙂

                           Youtube – Facebook – Instagram – Pinterest – Skoob – Twitter – Tumblr
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s