RESENHA: MORTE SÚBITA

OI!
Prometi hoje de manhã lá no FB que postaria uma resenha aqui, então, aqui estou! rsrs

Aproveitei para escolher um livro que eu não amei como tem sido com todos os outros. É bom falar um pouco do que não agrada tanto a gente né? (olha eu dando spoiler da resenha, rairiar).

Bom vamos lá! 

(não achei nenhuma foto boa da capa, então vou aproveitar e colocar a J.K junto! rs)


RESENHA #10: Morte súbita (J.K. Rowling)

Sinopse (bem) rapidinha: O livro todo gira entorno do vilarejo de Pagford e suas famílias. A história começa com a morte de Barry Fairbrother (não é spoiler!) e como conseqüência dessa morte súbita, uma intensa disputa pelo seu cargo no conselho do vilarejo começa. A história circula entre diversas famílias e fala sobre relacionamentos em geral, sobre como é importante construir uma imagem e como todo mundo é perfeito da porta pra fora. J.K. quis mostrar a hipocrisia presente na vida das pessoas e que quando se trata de poder todo mundo pisa na cabeça de todo mundo. O livro é basicamente a história dessa nova eleição e de cada círculo familiar específico. Conta os problemas de marido-mulher, pais-filhos, alunos-escola, amizade e preconceito. Tem muito humor negro e ela pesa a mão mesmo em alguns episódios em questão de violência e brutalidade pra mostrar o que quer dizer.

NOTA:2/5    
         
PONTOS FORTES: A história tem uma pegada interessante e é muito bem escrita. Mostrar a podridão das pessoas, falar de preconceito e escrever sobre essa coisa de as aparências enganam é bem legal. Achei que ela escolheu bem o tema e no final, conseguiu terminar bem o livro. Ela é boa para criar clima e bons personagens e fez bem nesse livro também.

PONTOS FRACOS: Achei a história arrastada demais, demorei quase meio livro pra engrenar a leitura e me empolgar. Acho que ela quis escrever um livrão sem necessidade, se a história tivesse metade do tamanho que tem, seria perfeita. O enredo é naturalmente monótono, foi uma escolha dela, mas não precisava ser chato nem lento, e ficou. Apenas depois da metade ele toma ritmo e empolga, o final vale a pena, mas o começo é bem zzzzzzzz.

O QUE MAIS GOSTEI: Personagens! Não falei muito ali em cima pra falar aqui. Sem dúvida nenhuma, na minha opinião, o maior talento da J.K. é criar bons personagens e esse livro tem alguns ótimos, todos com profundidade e bem trabalhados. Principalmente adolescentes! Acho que é o que ela trabalha melhor e os personagens adolescentes e seus conflitos nesse livro são o maior destaque, com certeza.

O QUE MAIS: Bom, posso dizer que me decepcionei um pouco com esse livro, esperava mais de uma das minhas escritoras preferidas, mas fazer o que. Vi gente que curtiu até, mas a grande maioria que conversei e que leu não curtiu. Acho que ela ficou meio desesperada pra sair da fantasia e da sombra do Harry e deu nisso aí. Quis ser séria demais, polêmica demais e acabou não sendo nada, é linear, sem grandes surpresas, sem variações. É um livro bom apenas no fim e facilmente esquecível, não é um livro que me marcou e que eu indicaria sem pensar duas vezes, essa é minha conclusão final.

Bom, apesar disso tudo ele é bem bonito! A capa e diagramação são boas e curti muito a arte usada (que é igual ao livro original), eu ganhei, mas é bem fácil de achar por aí pra quem se animar!
Alguém mais leu? Concorda comigo? Discorda?
🙂

Youtube – Facebook – Instagram – Pinterest – Skoob – Twitter – Tumblr
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s