A VIDA, O UNIVERSO E TUDO MAIS: O MUNDO TÁ DIMINUINDO?

OI!
Esses dias o blog anda beem parado, mas o momento chegou e eu começo na terça a fazer as provas de processo seletivo de doutorado (tenso), então já bate aquela ansiedade e vontade de não fazer nada… Mas mesmo assim vou me esforçar para não deixar isso aqui totalmente abandonado, rs.
Hoje vim escrever sobre algo que tenho visto há um tempo, mas que agora realmente me incomodou e me deu um clique para vir aqui falar: como, mesmo com tantas possibilidades as pessoas só leem as mesmas coisas.
Antes de me chamarem de chata, vou explicar. Estou fazendo o ‘Picture challenge: Books’ no meu Instagram e na fã page do blog e sempre fico de olho nas postagens de outras pessoas que também estão no desafio. Resultado? Uma onda de postagens iguais, até parece que é apenas uma pessoa fazendo o desafio…
Depois dessa decepção vi essa matéria aqui, que um amigo me mandou e aí a tristeza foi completa. Quem não quiser ler, ok, fala basicamente de um escritor brasileiro que tem mais de 1500 livros escritos e que estava no esquecimento. Agora ele criou um perfil no face e várias pessoas estão entrando em contato e tals, então ele meio que voltou a ativa. O que mais me deixou triste, na verdade, foi ele dizer que a maioria dos seus livros tiveram que ser publicados com pseudonimos estrangeiros, porque as esditoras diziam que ‘nome nacional não vende’. Ele chegou a inventar até nome de tradutor! Triste…
Então ligo tudo: o mundo anda com tantas possibilidades, tantos meios para as pessoas lerem mais, descobrirem mais, inovarem mais. Os livros estão muuuito mais acessíveis e mesmo assim entro nos blogs de livros, nos Instagrans e vlogs e só vejo: John Green, Instrumentos mortais, Jogos vorazes, Harry Potter, Divergente, romances que estão no cinema… Tipo, tudo igual, sabe? As pessoas ficam fixadas em determinadas obras e não abrem os olhos para o mundo imenso que existe e está ao nosso alcance!
Vejo muita gente postando aqueles quotes dizendo que lêem mais de uma vez o mesmo livro, ou então pessoas que tem mil edições da mesma obra e só vejo desperdício! Com tanta coisa nova e legal por aí, as pessoas continuam tão presas!
Sabe o que eu sinto? O mundo cresce, duplica, triplica a variedade, mas as pessoas continuam querendo que ele seja minúsculo!
Acho também que isso vai tão contra o propósito do livro em si, o livro abre nossa visão de mundo, trás experiências novas, te leva para outros universos, enfim, é uma ferramenta de criatividade, cultura, saber. E as pessoas ficam se restringindo às mesmas coisas! Como o livro vai conseguir ser tudo isso se todo mundo só lê a mesma coisa? Não tem troca, sabe? Não tem ‘eu li isso achei bacana, e você?’. É disso que sinto falta.
Vou deixar claro que não tenho nenhum problema com os livros que citei. Escolhi como exemplo, apenas, porque como todo mundo sabe é o que mais tem sido lido por aí, mesmo… Não tenho nada contra best-sellers, seria hipocrisia minha dizer algo contra, porque eu mesma leio e muito. Mas mesmo entre eles tem várias coisas muito bacanas que ficam na sombra desses. E por favor, não venham dizer que se eles são famosos é porque são os melhores, hein? Todo mundo sabe que não bem assim… 
Então o que eu tenho para dizer é: experimentem outras coisas! Peguem um livro que ninguém comentou nada, que você não sabe do que se trata, com certeza vai ser uma nova experiência!
O mundo é muito grande e a vida é muito curta para ficarmos nos restringindo! 😉
🙂

Youtube – Facebook – Instagram – Pinterest – Skoob – Twitter – Tumblr – Lookbook – Goodreads –Bloglovin
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s