DIA DA MULHER: 4 ESCRITORAS PARA SE LER

Então hoje é dia da mulher! Parabéns para todas nós, hoje e sempre.

Nem vou entrar na discussão de ‘não queremos flores, queremos respeito’, porque acho que temos o direito de ter ambos. Não sei porque a maioria das pessoas ainda pensa em ou isso ou aquilo. Eu quero ter tudo, todas nós temos o direito de ter tudo. Enfim, entrei em devaneios.

Hoje eu resolvi organizar uma lista de livros escritos por mulheres e indicar aqui. Eu já faço isso no canal e para quem quiser conferir tem uma playlist bem lindona só de autoras, mas aqui no blog vou tentar indicar algumas obras diferentes de lá. Bora:

Começando com as brasileiras:

– Hilda Hilst: nascida em Campinas, era formada em direito, foi poetisa, romancista, cronista e tudo que puder ser relacionado a literatura. Ganhou diversos prêmios e é considerada um dos maiores nomes da literatura em língua portuguesa. Segundo a própria autora suas obras têm como tema máximo a complexa relação entre o homem e Deus. Faleceu em 2004 aos 73 anos.

Indico:

A obscena Senhora D

Do desejo

– Rachel de Queiroz: nascida em Fortaleza, ela era jornalista, tradutora, romancista e também intimamente ligada a todos os estilos literários. Foi uma pioneira: a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras, a primeira a receber o prêmio Camões e formadora do primeiro núcleo do Partido Comunista Brasileiro. Ela chegou a ser presa em 1937, acusada de ser comunista e diversos exemplares de suas obras foram queimados. Já em 1964 ela apoiou a ditadura militar integrando o Conselho Federal de Cultura e o diretório nacional da ARENA, partido político de sustentação do regime. Faleceu em 2003 aos 92 anos.

Indico:

O quinze

Memorial de Maria Moura

– Ursula K. Le Guin: nascida na Califórnia, formada em letras é um dos principais nomes da ficção científica. É escritora desde a infância e lecionou literatura em diversas universidades nos Estados Unidos. Recebeu, nomeadamente por suas obras, cinco prémios Hugo, seis prémios Nebula e nove prémios Locus, mais do que qualquer outro autor. Suas obras são cheias de temas como sociologia, política, ambientalismo, anarquismo e taoísmo. A autora é viva e tem 87 anos.

Indico:

A mão esquerda da escuridão (tem resenha aqui) e esse discurso incrível.

*’Os despossuídos’ vai sair em português pela editora Aleph em maio!

– Virginia Woolf: nascida em Londres, foi uma romancista, editora britânica e uma das mais proeminentes figuras do modernismo. Ela era membro do Grupo de Bloomsbury e desempenhava um papel de significância dentro da sociedade literária londrina durante o período entre guerras. A autora foi estudada em diversos aspectos, desde suas críticas sociais, até suas visões feministas e seus problemas psiquiátricos (Woolf sofria de depressão). Ela cometeu suicídio em 1941, aos 57 anos.

Indico: Mrs. Dalloway

#oultimojuro

:)

FacebookInstagramTwitterYoutubeSkoobGoodreads

Conheça meus contos:

O véuA Biblioteca do Mediterrâneo

Anúncios