PROMESSAS E LISTAS PARA 2017

E o que seria de um ano novo sem uma boa promessa?

Nem vou enrolar muito, porque são várias listas e desejos. Vou colocar tudo em um post só para eu não me fazer de malandra e esquecer alguma coisinha lá pelo meio do ano, rs.

Vou começar pelos LIVROS, é óbvio.

Então é o seguinte, eu e Filipe (the boy) fizemos um combinadinho maroto e escolhemos 12 livros para lermos juntenhos em 2017. Eis a lista (sem ordem de mês):

  • O apanhador no campo de centeio (J.D. Salinger)
  • Odisséia (Homero)
  • Cem anos de solidão (Gabriel Garcia Marquez)
  • Em busca do tempo perdido: No caminho de Swann (vol. I)
  • Meu nome é vermelho (Orhan Pamuk)
  • Grande sertão: Veredas (João Guimarães Rosa)
  • Guerra dos mundos (H.G. Wells)
  • Os Maias (Eça de Queirós)
  • Revolução dos bichos (George Orwell)
  • Grandes esperanças (Charles Dickens)
  • O coronel e o lobisomem (José Cândido de Carvalho)
  • A obscena Senhora D. (Hilda Hilst)

(Sim, malandramente, todos eles estão na Lista da vida)

Ai tenho 22 livros da minha estante que estão aqui há séculos que eu gostaria de ler esse ano (lembrando que tem o projeto de comprar o mínimo possível). Em negrito estão os que mais quero ler:

  • O Senhor dos anéis (I-II-III) (Tolkien)
  • O navio de Teseu ou S. (J.J Abrams e Douglas Dorst)
  • Sangue de tinta – Morte de tinta (Cornelia Funke)
  • As brumas de Avalon (III-IV) (Marion Zimmer Bradley)
  • Antologia da literatura fantástica (Borges)
  • Laranja mecânica
  • Neuromancer (William Gibson)
  • Um cântico para Leibowitz (Walter Miller Jr.)
  • O fim da infância (Arthur C. Clark)
  • O fim da eternidade (Isaac Asimov)
  • O guia do mochileiro das galáxias (I-II-III-IV-V) (Douglas Adams)
  • Contos de fadas
  • O sol é para todos (Harper Lee)
  • Vitória (Joseph Conrad)
  • O pêndulo de Foucault (Umberto Eco)

E fora esses todos, ainda tem o clube do livro que sou curadora, na Fundação do Livro e Leitura em Ribeirão (alias, convido a todos para participar, é aberto ao público e de graça!). Nossa primeira leitura de 2017 será ‘A Abadia de Northanger‘, da Jane Austen, bora lá!

Bom, de livro é ~só isso mesmo. Claro que são sugestões, esse ano decidi não me impor nada. Gostaria de chegar nas 50 leituras (esse ano li 32 livros), mas se não for possível, sem crise também. O que vale são as boas experiências e o que a gente absove. Nada a ver ler pela quantidade néam.

Fora os livros (sim existe vida), tenho a meta de ver e acabar algumas séries e assistir mais filmes. Fiz as listas, mas vou colocar em outro post, para esse não ficar gigantesco (assim que fizer coloco o link aqui). Essa é uma meta forte para 2017, porque sou muito preguiçosa no quesito ver.

No mais, meus planos são de conseguir definir e cumprir meus objetivos, digo os pequenos mesmo, tarefas do dia a dia. Tenho a tendência de ter muito gás em determinadas épocas e de desistir da vida em outras, ai morro e não quero fazer nada. Queria conseguir equilibrar isso porque picos de produção, trabalho, rendimento para depois ficar no zero de tudo não é legal.

Queria levar minha saúde mais a sério também. Já levo na verdade, mas queria sair da vida de academia. Sou bastante preocupada com isso, tenho uma boa alimentação, faço tratamento acompanhado de um nutricionista, exercícios diáriamente, mas não largo minha cervejinha por nada desse mundo. Não sou fitness, não sou gostosinha do instagram e não quero ser. Faço tudo isso porque tenho a consicência de que preciso e quero viver bem e com saúde. Mas ultimamente ando com paciência zero para rotina de academia e tenho feito tudo cada vez mais na migué, então acho que é hora de procurar algo novo. É esse o plano.

Outro plano é meditar. Alguém (oi, Filipe) tem me cobrado isso toda hora, e realmente, eu preciso de alguns momentos off para equilíbrio. Vamos ver se vou dar conta.

Em resumo esse ano quero tentar levar tudo de um jeito mais leve. Me estressar menos e simplesmente mudar o que não está sendo legal. Parece bobo, mas nós somos muito resistentes a mudança. Quero também tentar coisas diferentes. Comer em novos lugares, frequentar mais os eventos culturais de Ribeirão, procurar coisas novas. A gente precisa sair dos círculos viciosos.

Bora lá, então!

#oultimojuro

:)

FacebookInstagramTwitterYoutubeSkoobGoodreads

Conheça meus contos:

O véuA Biblioteca do Mediterrâneo

BATALHA DE DISTOPIAS

Para fechar minha saga ‘lendo a trilogia de distopias clássicas’, fiz um vídeo comentando todas elas e comparando com uma mais moderninha, ‘Jogos Vorazes’. Para facilitar vou deixar todas as resenhas e o vídeo de comentários por aqui!

#oultimojuro

:)

FacebookInstagramTwitterYoutubeSkoobGoodreads – Snapchat: gabriela.bzp

Conheça meus contos:

O véuA Biblioteca do Mediterrâneo

NOVO BLOG + RESENHA NOVA NO CANAL!

AEAE!

Viram que o blog está de cara nova, né? O antigo estava com alguns probleminhas e então já aproveitei que não estava dando certo e migrei para o wordpress! O que vocês acharam? Aqui o layout ficou mais clean e tem algumas coisinhas a mais, espero conseguir ir melhorando aos poucos 😀

Enquanto isso, lá no canal as coisas voltaram a se movimentar também! Já viram a resenha nova? Falei um pouco sobre ‘Fahrenheit 451‘, um dos melhores livros que li esse ano! Dá uma olhadinha:

Espero que vocês gostem como eu gostei! Vou tentar voltar a postar toda semana. Já tenho alguns vídeos gravados, vamos ver se dá tudo certo!

 

#oultimojuro

🙂

FacebookInstagramTwitterYoutubeSkoobGoodreads – Snapchat: gabriela.bzp

Conheça meus contos:

WattpadAmazon